Farra de vereadores em São Caetano

A Câmara de Vereadores de São Caetano, a 149 km do Recife, deu um péssimo exemplo de como torrar o dinheiro do contribuinte: seu presidente César Andrade, sob o pretexto de participar de um seminário em Natal, patrocinou uma caravana da alegria com mais quatro parlamentares, oito servidores da Casa e até um vigia.

Na época, informou que havia despendido apenas R$ 9 mil, mas o portal da transparência da Câmara registra que a farra num hotel luxuoso custou R$ 42,5 mil. Além de mentir, o presidente não jogou correto com os próprios colegas. O vice-presidente Luiz Carlos da Saúde (Rede) recebeu um áudio do vereador Jean Carlos (PRB), no dia anterior da viagem, pedindo para ele presidir a sessão.

Alegou que o presidente estava doente. ”A doença, na verdade, era a farra”, desabafa o parlamentar. A caravana dos que gozaram da mordomia como dinheiro alheio foi integrada ainda pelos vereadores Makoy Vasconcelos (PV), Goga Jogador (PMN), Inácio Guerreiro (PROS) e Jean da Peixoto (PRB). O suposto evento foi mal-assombrado, a viagem ilegal e as diárias irregulares, assinadas e distribuídas pelo próprio presidente. O Ministério Público tem que apurar essa vergonha.

Blog do Magno

PUBLICIDADE

Comentários