Ônibus que transportava estudantes perde freio e colide com outros veículos em Vitória de Santo Antão

Um ônibus da Prefeitura de Vitória de Santo Antão, que transportava estudantes para a Universidade Federal Rural de Pernambuco perdeu o controle e colidiu com outros veículos na tarde desta segunda-feira (12). O acidente aconteceu por volta das 16h50, na Praça 03 de Agosto, bairro do Livramento. No momento da colisão estavam dentro do veículo modelo VW/MPOLO TORINO, de placa KLJ9866, cerca de onze pessoas. O acidente, que aconteceu a poucos metros de uma escola particular do bairro, não deixou vítimas.
Foto: WhatsApp/Cortesia
Foto: WhatsApp/Cortesia

A estudante Juliana de Freitas, 23, que cursa Administração na UFRPE disse que graças a manobra do motorista, não houve uma tragédia. “O ônibus geralmente chega por volta das 16h20 e hoje atrasou, chegando por volta das 16h40. A gente entrou no ônibus com cerca de 10 estudantes. Assim que ele saiu, andou uns 10 metros e parou no sinal. Quando o sinal abriu, ele acelerou e em menos de 100 metros, logo após a lombada, perdeu o freio e ficou sem controle. O motorista conseguiu manobrar o veículo, fazendo o que o veículo perdesse velocidade. Se ele não tivesse feito isso, o ônibus teria ganhado força e seria um acidente bem pior”. A aluna Jacilene de Lima, 20, que faz História na mesma instituição, disse que só percebeu o descontrole do ônibus após ouvir um barulho muito forte. “Foi quando percebemos que o ônibus tinha batido no carro da frente. O motorista fez uma curva muito grande e conseguiu parar a tempo”.

Foto: WhatsApp/Cortesia
Foto: WhatsApp/Cortesia

Um estudante que não quis ser identificado relatou que assim que percebeu a falta de freio no veículo, o condutor começou a gritar para sinalizar a falta de freio e a fazer manobras para reduzir a velocidade do veículo. “O pessoal da oficina percebeu que o ônibus estava sem freio e correram na frente alertando as pessoas que passavam na hora do acidente. Ele colidiu com duas motos e quatro carros”. Ainda segundo ele, o mesmo ônibus já deu problemas em outros momentos. “Teve uma vez que a gente tava voltando do Recife, por volta das 22h e houve um problema na bateria. Mesmo assim, voltamos com ele todo apagado na BR. Já aconteceu também de faltar alguma peça e o motorista parar na hora para consertar. A tragédia só não foi pior porque o motorista jogou para a esquerda”.

A Secretaria Executiva de Educação do município informou que houve uma falha mecânica no veículo, especificamente no freio e que nesta terça-feira (13), haverá uma reunião com a presença do Secretário de Educação junto à empresa responsável pelo transporte dos estudantes, para obter mais informações sobre o ocorrido. Devido ao acidente, os estudantes não conseguiram se deslocar até a Universidade.
Diario de Pernambuco
PUBLICIDADE

Comentários