Todas classificações definidas só após a 9ª rodada

Central acabou ficando apenas no empate por 1 a 1 com o Afogados. Foto: Pedro Augusto.

Pedro Augusto

No complemento da oitava rodada, o Santa Cruz recebe o Decisão, neste domingo (15), a partir das 16h, no Estádio do Arruda. Mas independentemente do resultado desta partida, nenhuma mudança na tabela será observada, haja vista que o Santa já garantiu a classificação direta para as semifinais, enquanto que o Falcão do Agreste já não reúne mais qualquer chance matemática de escapar do quadrangular da morte. Em relação aos demais clubes participantes do Campeonato Pernambucano, com exceções do Salgueiro, que também já carimbou o passaporte para as semis, do Petrolina e do Vitória, que serão obrigados a seguir o mesmo caminho do Decisão, todos ainda possuem oportunidade de passar para as quartas-de-final, ou seja, vai ficar tudo para última rodada.

Conforme determina o regulamento, os dois primeiros colocados nesta etapa inicial (Santa Cruz e Salgueiro, respectivamente com 19 e 16 pontos), já estão garantidos nas semifinais. Em paralelo, os outros quatro mais bem pontuados terão de disputar as quartas-de-final, em jogo único. Passadas quase oito rodadas, a quarta posição está sendo ocupada pelo Retrô com 12 pontos, na sequência vem o Náutico com os mesmos 12 pontos, mas com o saldo de gols inferior em relação à Fênix; o Sport na quinta posição com 11, além do Afogados na sexta colocação com 10 pontos. Na sétima posição com a mesma pontuação da Coruja, o Central também se encontra na briga por uma vaga nas quartas.

A nona e última rodada do Estadual terá os seguintes confrontos: Sport x Santa Cruz, na Ilha do Retiro; Afogados x Vitória, no Vianão; Salgueiro x Náutico, no Cornélio de Barros, Decisão x Central, no Luiz Lacerda, além de Retrô x Petrolina, na Arena de Pernambuco. Com o cancelamento do confronto entre Brasil e Bolívia devido à pandemia de coronavírus, que estava marcado para acontecer no próximo dia 27, na Arena de Pernambuco, pela primeira rodada das Eliminatórias da Copa de 2022, a rodada derradeira da primeira etapa do PE 2020 será disputada mesmo no próximo dia 25 e a partir das 21h30. Esta última tinha sido transferida para o dia 29.

Central

A Patativa até que tentou, mas não conseguiu obter os três pontos na oitava rodada. Diante de sua torcida, a equipe comandada pelo técnico Sílvio Criciúma acabou ficando apenas no empate por 1 a 1 com Afogados, no domingo passado (8), no Luiz Lacerda, permanecendo fora do G6. Para se classificar as quartas, o alvinegro caruaruense terá agora de vencer o Decisão se possível por goleada e ainda torcer pela derrota, ao menos, de um dos concorrentes diretos (Afogados, Sport, Náutico e Retrô).

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Leanderson Polegar não poderá atuar diante do Falcão do Agreste, mesmo assim, vem direcionando todas as suas atenções para este confronto. “Não poderei ir para o jogo, mas venho treinando duro juntamente com os meus companheiros para ajudar ao máximo o Central nesta verdadeira decisão que ele terá pela frente. O Central é grande e o nosso pensamento, como não poderia ser diferente, é de obter a classificação. A chance existe e faremos de tudo para sairmos de lá com a vaga. Vou concentrar e acompanhar de perto a esta partida.”

Chateado com o resultado final diante da Coruja, Sílvio Criciúma disse querer aproveitar o curto período sem jogos para tentar corrigir os erros de sua equipe. “No âmbito geral, fizemos uma boa partida diante do Afogados, porém ainda se é necessário evoluir em alguns pontos como, por exemplo, o das finalizações. Este intervalo sem partidas será de fundamental importância para melhorarmos neste aspecto. Estamos trabalhamos bastante, até porque acreditamos nesta classificação, que será de fundamental importância para o futuro do Central.”

O Central encontra-se invicto no Estadual 2020 desde a quarta rodada. A última derrota da Patativa foi contra o Sport por 1 a 0, no último dia 4 de fevereiro, na Arena Pernambuco. De lá para cá, foram duas vitórias e três empates obtidos. Bom retrospecto este levado em conta pelo meia Danilinho. “O time reagiu na competição e se não fosse a falta da atenção em alguns lances das partidas como esta última contra o Afogados, poderíamos estar numa situação melhor na tabela. Mas é trabalhar bastante, porque agora é tudo ou nada! Acreditamos, sim, na classificação!.”

Comments

comments