No combate ao Covid-19, barreiras sanitárias educativas dão bons resultados em Caruaru

O primeiro dia das barreiras sanitárias educativas instaladas pela Prefeitura de Caruaru em diversos acessos à cidade já rendeu bons resultados às equipes que comandaram a ação. Em forma progressiva, o trabalho começou com cinco barreiras, em pontos estratégicos do município, contando com o apoio da Guarda Municipal, Agentes de Trânsito, Agentes de Saúde, Fiscais da Secretaria de Ordem pública e da Secretaria de Serviços Públicos, além de Bombeiros Civis voluntários, todos devidamente fardados e identificados.

Em 24h de operação, com cinco pontos de atuação, quase 7 mil pessoas foram alcançadas. No total, 1098 veículos foram abordados, como caminhões e caminhonetas; transportes intermunicipais, como ônibus, vans e toyotas, assim como veículos de passeio e motos com placas de outras cidades. Desses, 136 veículos voltaram para os seus lugares de origem, sem acessar o município.

De acordo com a secretária de Ordem Pública, Karla Vieira, dos cerca de 10% dos carros parados e foram orientados a voltar para as suas cidades, estavam com passageiros enquadrados nos grupos de risco. “Registramos 347 pessoas em situação de vulnerabilidade, como idosas, crianças e gestantes. Conversamos e reforçamos a necessidade deles permanecerem em casa durante esse período de combate ao Covid-19”, explicou a secretária.

Durante a primeira operação, a prefeita Raquel Lyra foi conferir de perto a estrutura e conversar com os profissionais envolvidos. “Não podemos relaxar no combate ao novo coronavírus. Precisamos tomar todas as medidas necessárias para que a doença seja controlada e não afete a nossa cidade. É imprescindível que a população fique em casa. Se estamos nas ruas trabalhando, é pela preservação da saúde e vida do nosso povo”, reforça Raquel.

As abordagens foram feitas na Avenida Brasil, Avenida Agamenon Magalhães, no acesso ao Bairro São Francisco, Avenida José Rodrigues de Jesus e Anel Viário. As barreiras não são fixas, sendo alteradas diariamente.

Comments

comments