Serviços de delivery de Caruaru a todo vapor

PUBLICIDADE

Os serviços de delivery nunca foram tão solicitados como estão sendo agora neste período de pandemia por causa do Covid-19. Tendo que fechar seus estabelecimentos para evitar aglomeração de pessoas, além de decreto publicado esta semana pelo governador Paulo Câmara que proíbe ainda a reunião de mais de dez pessoas no mesmo ambiente, alguns restaurantes, bares e lanchonetes resolveram investir no sistema de entrega trazendo algumas novidades.

O Point do Caldinho, por exemplo, um dos mais tradicionais bares da cidade, garante que a tradicional cerveja gelada e seus petiscos podem chegar na casa do cliente em minutos. “Nós montamos um sistema de entrega através do telefone e também recebemos pedidos aqui no estabelecimento. As pessoas podem receber em casa ou pegar aqui almoço, petiscos e até sua bebida preferida”, avisou a empresária Maria de Fátima.

Ela lembrou que o funcionamento de seu sistema de entrega é de terça-feira a domingo, através do telefone (81) 3725-9171. Para incentivar os clientes, o Point do Caldinho oferece refrigerante de lata grátis para quem pedir quentinha, e refrigerante litro de cortesia para quem pedir almoço completo. “Uma forma de incentivar os clientes e manter o nosso quadro de pessoal também”, disse.

Outro restaurante, o Rabada do Bigode, também teve que fechar suas portas, mas não deixou sua clientela sem a tradicional ‘rabada’ e a ‘galinha assada’. “Resolvemos fortalecer o sistema de delivery e entrega no balcão. É uma forma de continuar com algumas pessoas trabalhando nesse período de crise e ainda manter a nossa clientela com café da manhã e almoço”, afirmou José Deusdete, o famoso Bigode. Os telefones para contato são (81) 99981-2542, 99771-2111 e pelo whatsapp (81) 98996-6988.

INSANO’S

A Hamburgueria Insano’s também reforçou seu sistema de delivery com mais pessoal trabalhando nos bastidores para garantir uma entrega rápida. “Nossa média de entrega é de 40 minutos no máximo. Também temos promoções que vão de segunda a sexta. Algumas com refrigerante grátis e outras no sistema de combos ou até mesmo de clone, ou seja, compra um e ganha outro”, destacou o empresário Carlos Roberto.

Carlinhos, como é conhecido, informou que, com o fechamento das lojas, teve que reduzir o quadro de funcionários pela metade. Ele disse ainda que o sistema de delivery está funcionando de 11h a meia-noite. O restaurante cobra uma taxa de R$ 6,00. O telefone é o (81) 3136-2170.

O restaurante Maka Sushi está com entrega das 18h a meia-noite. “Nós estamos com uma promoção especial: clientes num raio de três quilômetros não cobramos taxa de entrega”, disse Gustavo Bezerra. Ele lembrou ainda que as entregas cumprem um prazo máximo de 30 minutos. “Devido ao aumento da demanda, reforçamos a equipe de entrega. Tivemos que reduzir o quadro na questão de atendimento, porém na cozinha reforçamos”, afirmou. As entregas do Maka Sushi são de quarta a Domingo.

SEM ENTREGA

Já alguns restaurantes tradicionais da cidade, a exemplo do Tio Armênio e o Tasquinha do Tio, não aderiram ao sistema de delivery. “No momento paramos nossas atividades, seguindo as determinações da Vigilância Sanitária. Vamos aguardar os próximos dias para saber se iremos atuar com delivery”, comunicou Cláudio Silva, gerente dos dois estabelecimentos.