Pernambuco amplia em 180% capacidade de testagem para detectar Covid-19

PUBLICIDADE

Em parceria entre a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) e o Instituto Aggeu Magalhães (Fiocruz/PE), Pernambuco irá aumentar em 180% a sua capacidade de testagem para detecção da Covid-19. O anúncio foi feito nesta terça-feira (31) pelo Governo do Estado.

Os testes serão usados nas redes pública e privada de saúde. Serão 2.170 exames realizados por semana, a depender do envio dos kits pelo Ministério da Saúde (MS). Atualmente, o Estado faz 770. “A partir dessa cooperação a gente vai poder triplicar o público que está testando”, ressaltou a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Luciana Albuquerque.

Os testes serão os mesmos já realizados atualmente pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), por meio da técnica RT-PCR, indicada para pacientes no início dos sintomas (até sete dias) e que analisa a presença do vírus ou parte dele na amostra coletada. Os kits de testagem, nesta parceria, serão os encaminhados pelo Ministério da Saúde, que anunciou a ampliação do envio dos kits.

Nesta semana, a empresa Genômika, especializada em testes genéticos e imunológicos, passa também a compor os esforços do Estado para ampliar a realização de exames pela técnica RT-PCR. Por dia, o laboratório privado vai processar 300 exames.

Folhape