Rua Coronel Limeira será interditada para reduzir aglomerações nas filas da Caixa

PUBLICIDADE

A Prefeitura de Caruaru segue tomando medidas fundamentadas nas necessidades que são causadas pela pandemia da Covid-19 no município. Na tarde desta terça-feira (28), a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, participou de reunião com representantes da Caixa Econômica Federal, com o objetivo de ampliar ainda mais as ações de combate ao Coronavírus. A nova estratégia de ação será a interdição da rua Coronel Limeira, no centro da cidade.

A interdição da via realizada pela DESTRA será feita para auxiliar a reduzir aglomerações nas filas da agência da Caixa Econômica. O Grupo de Fiscalização Integrada Covid-19, com o apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal e Fiscais da Secretaria de Ordem Pública, continuará prestando orientações com a utilização do megafone.“O trabalho de preservação de vidas e cuidado com a saúde de todos, e principalmente dos grupos de risco, continua sendo levado a sério. Será uma ação importante para evitar as filas diárias no local”, afirmou a prefeita Raquel Lyra.

O esforço é para tentar evitar a contaminação dos clientes do banco pelo novo coronavírus. Desde a chegada da doença no Estado, os bancos são os locais que mais registram concentrações de pessoas. “A interdição da via não vai atrapalhar o trânsito no centro da cidade, nem existirá alteração de rota de ônibus, serão realizados desvios, e o banco estará fazendo as marcações de piso para o distanciamento das pessoas e realizando as devidas organizações na fila”, pontuou a presidente da DESTRA, Karla Vieira. Durante esta quarta-feira (29), a equipe de fiscalização de trânsito estará realizando orientação preventiva no local.

O Grupo de Fiscalização Integrada Covid-19, composto também pelo PROCON e Vigilância Sanitária, continuará as fiscalizações nas demais agências e casas lotéricas da cidade, no cumprimento das medidas sanitárias impostas pelo combate ao Covid-19. Diariamente, as imagens de drone auxiliam a Guarda Municipal a estabelecer diretrizes estratégicas.

Denúncia – A população pode contribuir denunciando casas de shows e bares por meio do disque-denúncia, nos telefones: 3719–4545 (das 7h às 19h, de segunda a sábado), ou pelo WhatsApp 98256 – 4545/ 98170-2525. Outro contato disponível é o da ouvidoria municipal, no número 156 (das 7h às 13h, de segunda a sexta), ou no WhatsApp 98384-5936. A denúncia pode ser feita também pelo 190 da Polícia Militar.