Prefeitura entrega mais 28 casas do Programa Nacional de Habitação Rural

PUBLICIDADE

A Prefeitura de Caruaru entregou mais 28 casas para famílias dos quatro distritos da zona rural da cidade, na última quarta-feira (3). Através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNPH), até o momento, 214 famílias foram beneficiadas com novas residências.

De uma forma diferente, por conta da pandemia, a entrega das casas foi feita com a presença de menos pessoas, mas não com menos emoção. “Cada casa que entregamos é resultado de muito trabalho e o início de uma nova história que está sendo contada. Histórias felizes de pessoas que sonhavam em ter um lar com mais conforto para as suas famílias. E agora chegou o momento para mais 28 famílias”, afirma a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra.

O brilho nos olhos e o sorriso estampado pode ser visto em Gisele dos Santos, do Sítio Serra Verde, terceiro distrito, que é mãe solteira e não tinha condições de comprar uma casa. “Moro com minhas duas filhas e tinha medo da casa cair na nossa cabeça, principalmente no período de chuva que, infelizmente, a água caia mais dentro de casa do que fora. Hoje, posso dizer que estou no céu, pois estamos protegidas. Quero agradecer, primeiramente a Deus e depois a prefeita Raquel Lyra que sempre teve um olhar caridoso com as pessoas que vivem no campo”, comemorou.

Em Caruaru, o PNHR vai beneficiar 416 famílias até o fim deste ano. O senhor Erasmo dos Santos, residente no Sítio Pororoca, no primeiro distrito, foi outro beneficiado do Programa e não escondeu a emoção de poder ter esse novo momento em sua vida. “Nunca ouvi dizer que houve uma reforma na casa que eu morava. A situação era complicada. As paredes rachadas e o teto caindo me dava a sensação de impotência por não poder fazer uma reforma. Agora, eu tenho uma casa nova e bonita”, contou emocionado.

O PNHR foi criado pelo Governo Federal no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, através da Lei 11.977/2009 e com o objetivo de permitir ao agricultor familiar, trabalhador rural e comunidades tradicionais o acesso à moradia digna no campo.