Câmara aprova projeto que proíbe corte de água e energia em Caruaru

PUBLICIDADE

Durante o período de pandemia do coronavírus, os serviços de água e energia não poderão ser cortados em Caruaru por falta de pagamento. A determinação está prevista no Projeto de Lei Nº 8537/2020, apresentado pelo vereador Daniel Finizola (PT) e aprovado, nesta quinta-feira (2), pela Câmara Municipal.

De acordo com a matéria, a suspensão dos cortes deve ser mantida enquanto permanecer decretado o “estado de calamidade pública”, decorrente dos altos índices de Covid-19. A medida, que é válida para imóveis residenciais e comerciais, não implica no cancelamento dos débitos com as companhias, mas, após o final do período de suspensão, as empresas deverão garantir o direito de renegociação.

A ação visa permitir que a população caruaruense não fique sem esses serviços essenciais, durante esse período de crise econômica. Além disso, na sessão, Finizola defendeu que a garantia do acesso a água e energia também é essencial para o cumprimento das recomendações oficiais de saúde, que incentivam a adoção de medidas rigorosas de higiene e a realização do isolamento social.