Caruaru e Bezerros não terão prorrogação de quarentena rígida

PUBLICIDADE

O Governo do Estado anunciou, na tarde de ontem (5), que o isolamento total decretado para as cidades de Caruaru e Bezerros, e que se encerrava ontem, não será prorrogado. Assim, as duas cidades do Agreste, a partir desta segunda-feira (6), retornam para a segunda etapa do Plano de Convivência com a Covid-19, elaborado pelo Governo de Pernambuco. Depois de dez dias cumprindo isolamento social rígido, as duas cidades registraram redução no número de casos graves de síndrome respiratória aguda, segundo o governo.

Dessa forma, além do funcionamento dos serviços essenciais, da construção civil (com 50% da capacidade) e do segmento industrial, será permitido o retorno do comércio atacadista. Shopping centers, incluindo as praças de alimentação, poderão operar apenas com delivery e coleta de mercadorias. Podem reabrir ainda consultórios, ambulatórios de profissionais de saúde, serviços de apoio e terapêuticos e óticas.

CASOS

Segundo o Governo do Estado, como resultado dos 10 dias de isolamento, o município de Caruaru conseguiu sair de um índice médio de isolamento social de 35%, chegando a atingir 50.2%. Já Bezerros, que mantinha um distanciamento médio de 32% na pré-quarentena, chegou a atingir 41%. O índice é medido pela empresa de georreferenciamento Inloco.

Segundo o Governo do Estado, os números de novos casos registrados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), em Caruaru, caíram de 150 para 136 casos. Já os de Covid-19, de 93 registros para 83. Em Bezerros, os números ficaram assim: SRAG, de 35 casos para 20 e os novos casos de Covid-19 caíram de 19 casos para 8.

A decretação do Lockdown foi criticada, na época, pela prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, por ter sido feito, segundo ela, de forma unilateral. Mesmo assim a prefeitura acatou a decisão do governo. Com o relaxamento do isolamento a partir de amanhã (6), a Prefeitura de Caruaru se manifestou através de nota da Secretaria de Ordem Pública, informando que “ao longo desse período de pandemia, garantiu os cuidados com a população”. A Secretaria ainda reforçou que continuará fazendo fiscalizações na cidade e trabalhando com as barreiras sanitárias educativas em pontos estratégicos no município.

Fonte: JC