Operação investiga empresários e agentes públicos por suspeita de crimes

PUBLICIDADE
A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) deflagrou uma operação na manhã desta terça-feira (21) para apurar os crimes de fraude em licitação, peculato e associação criminosa no Recife, em Paulista, na Região Metropolitana e em Caruaru, no Agreste. Estão sendo cumpridos dez mandados de busca e apreensão domiciliar, um mandado de suspensão do exercício de função pública, um mandado de suspensão temporária de participação de licitações e o sequestro de valores, todos expedidos pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).
As investigações iniciaram em novembro de 2018, com o objetivo de identificar a participação de empresários e agentes públicos na prática dos crimes. A Operação Chorume é comandada pela Divisão Especializada de Repressão à Corrupção (Deccor) da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco). Esta é a 28ª Operação de Repressão Qualificada do ano, comandada pelo delegado Diego Pinheiro, da 2° Deccor.
Na execução, estão sendo empregados 45 policiais civis, entre delegados, agentes e Escrivães. A Operação está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Especializada (Diresp) da Polícia Civil de Pernambuco e supervisionada pela Chefia de Polícia. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (Dintel).
Diario de Pernambuco