Neymar supera Ronaldo como segundo artilheiro da Seleção Brasileira

Brazil's Neymar celebrates after scoring against Peru during their 2022 FIFA World Cup South American qualifier football match at the National Stadium in Lima, on October 13, 2020, amid the COVID-19 novel coronavirus pandemic. (Photo by Paolo AGUILAR / POOL / AFP)
PUBLICIDADE

O atacante Neymar chegou nesta terça-feira a 64 gols marcados pela Seleção Brasileira, superando Ronaldo Fenômeno, que tem 62, como segundo artilheiro da equipe, atrás apenas de Pelé, que fez 77.

Camisa 10 da Seleção fez dois em cobrança de pênalti (aos 27 e 82 minutos) e ao aproveitar bola rebatida na trave após chute do meia Everton Ribeiro, já nos acréscimos finais (90+3). O outro gol da equipe dirigida por Tite foi do também atacante Richarlison (64). Para os donos da casa marcaram o meia Carrillo (5) e o volante Tapia (58).

O atacante de 28 anos superou os 62 gols de Ronaldo depois de ter disputado 103 partidas, cinco a mais que o ex-atacante do Real Madrid. Neymar tem uma média de 0,60 gols por jogo, contra 0,63 do bicampeão mundial e duas vezes vencedor do prêmio Bola de Ouro, que atuou pela seleção 98 vezes.
Pelé é o maior goleador do Brasil com 77 gols em 92 jogos, de acordo com os registros da Fifa.

O primeiro gol de Neymar com a equipe nacional foi em agosto de 2010, em amistoso contra os Estados Unidos. Assim como a de Ronaldo, a carreira de sucesso de Neymar tem sido ofuscada por lesões recorrentes que o impedem de aumentar seu número.

O camisa 10 do Brasil jogou apenas quatro das 16 partidas que a seleção disputou no ano passado.  Uma lesão no tornozelo direito o impediu de participar da Copa América organizada e vencida pelo Brasil em 2019.