Pernambuco anuncia reabertura de 70 leitos dedicados a casos de Covid-19

PUBLICIDADE

O Governo de Pernambuco anunciou, em coletiva nesta quinta-feira (26), a disponibilização de 70 leitos de assistência a casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) nos próximos dez dias. Os casos são considerados suspeitos para a Covid-19 e contam com leitos específicos dentro do sistema de saúde estadual. Os novos leitos serão disponibilizados nos Hospitais de Referência à Covid-19 em Boa Viagem e em Olinda.

Na unidade Boa Viagem, antigo hospital Alfa, serão abertos dez leitos de UTI e dez de enfermaria. Já em Olinda, Maternidade Brites de Albuquerque, serão 40 vagas para enfermaria e 10 para UTI. Na unidade Boa Viagem, antigo hospital Alfa, serão abertos dez leitos de UTI e dez de enfermaria. Já em Olinda, Maternidade Brites de Albuquerque, serão 40 vagas para enfermaria e 10 para UTI.

De acordo com André Longo, secretário estadual de Saúde, a ativação de leitos no Estado é prevista para quando há ocupação maior que 80%. “Em relação à ocupação das vagas dedicadas aos pacientes com suspeita para a doença, ontem e hoje, a taxa das UTIs atingiu 80% de ocupação. Isto foi motivado pela retirada do sistema de regulação dos leitos do Hospital de Campanha de Petrolina. Mas, como já tinha dito em outros momentos, o nosso Plano de Contingência prevê o desbloqueio e reconversão de leitos, caso o percentual de 80% seja alcançado de forma sustentada”.

Pernambuco registrou, nesta quinta-feira (26), 80% de ocupação nos 816 leitos de UTI dedicados ao tratamento da Srag no Estado.Nos leitos de enfermaria, que somam 806, a ocupação registrou 66%.

O Estado fez o desbloqueio de 107 leitos nas últimas semanas, sendo 50 de UTI e 57 de enfermaria, nos hospitais Maria Vitória, no bairro de Areias; Evangélico, na Torre; e no Antigo Alfa, em Boa Viagem, todos no Recife. Os leitos haviam sido desmobilizados por conta da redução de casos, visando evitar a ociosidade. Mais de 1,5 mil leitos foram bloqueados aos poucos, após o pico da doença em Pernambuco.

Folhape