Bruno Covas vence Guilherme Boulos e é reeleito prefeito de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anuncia a nova modalidade do programa Corujão da Saúde, durante entrevista à imprensa
PUBLICIDADE

Em uma disputa acirrada na cidade de São Paulo, o candidato pelo (PSDB) e atual prefeito da cidade, Bruno Covas foi reeleito. Com 96,50% das urnas apuradas, Covas tinha 59,38% dos votos enquanto o seu adversário Guilherme Boulos obteve 40,62%.

O prefeito reeleito votou pouco antes do meio-dia, em um colégio na zona oeste de São Paulo. Ele estava acompanhado de seu filho Tomás Covas, de 15 anos e informou à imprensa que aguardaria o resultado das apurações em casa.
Antes de ir às urnas, Covas acompanhou o voto da ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy, do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do governador de São Paulo, João Doria.
O candidato Guilherme Boulos não foi votar porque testou positivo para Covid-19 e está isolado em casa. Segundo sua assessoria, ele passa bem. Por volta das 8h50, ele apareceu na varanda de sua casa, no bairro do Campo Limpo, zona sul da capital, mostrando um cartaz no qual estava escrito “Vamos virar”.
Na noite desta sábado, a pesquisa realizada pelo Ibope SP e pela Datafolha já apontavam a vitória do candidato do PSDB.
Entre as propostas de Covas estão programas de renda mínima para a população mais pobre, como acontece com o Bolsa Família. Além disso, o prefeito reeleito também prometeu radicalizar políticas públicas que promovam maior justiça social, igualdade, inclusão e mais oportunidades de geração de trabalho, emprego e renda.
Diario de Pernambuco