Moro é contratado por consultoria que administra recuperação da Odebrecht

PUBLICIDADE

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro foi anunciado como sócio-diretor da consultoria norte-americana de gestão de empresas Alvarez & Marsal. Moro, que deixou o governo Bolsonaro em abril após o acusar o presidente de interferência política , atuará na sede da empresa em São Paulo, na área de “Disputas e Investigações”.

A consultoria atua como administradora judicial do Grupo Odebrecht, uma das empreiteiras investigadas na Lava Jato – como juiz federal no Paraná, Moro conduziu os processos da operação.

No anúncio divulgado em seu site, a empresa informou que “Moro é especialista em liderar investigações anticorrupção complexas e de alto perfil, crimes de colarinho branco, lavagem de dinheiro e crime organizado, bem como aconselhar clientes sobre estratégia e conformidade regulatória proativa”.

A empresa destacou ainda que ele atuou como juiz federal por mais de 20 anos e citou a Lava Jato, que classificou como “maior iniciativa de combate à corrupção e lavagem de dinheiro da história do Brasil”.

“A Lava Jato gerou uma onda anticorrupção não só no Brasil, mas em toda a América Latina. Tanto como ministro quanto como juiz federal, Moro colaborou com autoridades de países da América Latina, América do Norte e Europa na investigação de casos criminais relacionados internacionais a suborno, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e crime organizado “, acrescentou a nota.