Santa enfrenta Vila Nova em confronto com clima de decisão

PUBLICIDADE

Em busca da primeira vitória na segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz recebe o Vila Nova no Arruda às 17h. Para o duelo, a equipe Coral procura “virar a chave” e superar a sequência de quatro jogos sem vencer.

A segunda rodada tende a ser definidora para as quatro equipes do grupo. Caso o Santa consiga seu primeiro resultado positivo na fase decisiva, serão quatro pontos somados contra nenhum do Vila Nova. Já no outro confronto da chave, o Ituano recebe o Brusque na segunda-feira (21) e pode disparar na liderança do grupo, chegando aos seis pontos em caso de vitória.

Jogar com intensidade e de forma constante e propositiva são os principais desafios do Santa Cruz, que não fez um bom segundo tempo contra o Brusque na primeira rodada. Para o jogo contra o Vila Nova, o técnico Marcelo Martelotte confirmou que contará com Chiquinho. Caso seja escalado, o meia tende a “dar corpo” ao setor. A depender do seu condicionamento físico, a presença de Chiquinho pode melhorar a transição e a qualidade no último passe.

“A ideia é que ele [Chiquinho] comece jogando. É um jogador que tem características diferentes dos demais jogadores do grupo”, comentou Martelotte.

Se optar por Chiquinho entre os onze iniciais, é provável que Martelotte escale um volante a menos em relação à estreia no quadrangular, optando por um time mais ofensivo. Naquela ocasião, o Santa entrou em campo com Tinga, Bileu e Paulinho.

Para a equipe goiana, a partida marca o retorno do técnico Márcio Fernandes, campeão da Série C pelo Vila em 2015. O último trabalho de Fernandes, que assumiu o Vila Nova três dias antes do jogo, foi como treinador do Treze (PB), onde foi rebaixado à Série D.

Ficha técnica:
Santa Cruz: Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William Alves e Perí; Bileu, Paulinho, Chiquinho e Didira; Lourenço e Pipico. Técnico: Marcelo Martelotte

Vila Nova: Fabricio; Celsinho (John Lennon), R. Donato, Adalberto e Mário; Yuri, Pablo Roberto e Emanuel Biancucchi (Dudu); Caíque, Talles e Henan. Técnico: Márcio Fernandes.

Local: Arruda
Horário: 17h
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES); Katiuscia Berger Mendonça (ES)
Transmissão: Dazn

Folhape