Veja como o Náutico pode se livrar na próxima rodada do risco de queda à Série C

PUBLICIDADE

A próxima rodada pode ser a do alívio para o Náutico. Na 15ª posição da Série B do Campeonato Brasileiro, com 42 pontos, o Timbu pode se livrar antecipadamente do risco de queda à Série C. Para isso, será preciso pontuar e torcer por um tropeço de um concorrente direto da parte de baixo da tabela.

O Figueirense, em 16º, com 39 pontos, joga sexta (22) diante do Juventude, no Alfredo Jaconi. O ideal é uma derrota dos catarinenses. Com isso, o clube chegaria até os 42 pontos, caso ganhe da Ponte Preta, no encerramento da Segundona.

Com o tropeço do rival, basta ao Náutico um empate com o Cruzeiro, domingo, no Independência. Os pernambucanos chegariam aos 43 pontos e não poderiam ser ultrapassados nem pelo Figueirense e tampouco pelo Paraná, em 18º, com 36 pontos – outro que só atinge 42 no máximo.

Um empate entre Figueirense e Juventude leva o Náutico a se livrar da degola somente em caso de vitória. Os catarinenses só poderiam chegar ao máximo nos 43 e o Timbu estaria com 45.

Caso o Figueira ganhe, o Náutico ainda pode se livrar da queda. Mas, no caso, o secador ficaria apontado para o Vitória. Os baianos jogam na terça, diante do Botafogo/SP, no Barradão. Os pernambucanos teriam de vencer e torcer por uma derrota do Leão. Se o Alvirrubro for derrotado na rodada final, contra o CSA, nos Aflitos e o rubro-negro ganhar do Brasil de Pelotas/RS, no fim de semana seguinte, no Bento Freitas, ambos empatariam em 45 pontos. Contudo, o Timbu ficaria acima na tabela pelo critério de vitórias (11×10).

Folhape