IBGE abre concurso e Pernambuco será contemplado com mais de 8,8 mil vagas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou no Diário Oficial, nesta quinta-feira (8), dois editais com mais de 200 mil vagas, distribuídas em todo o país, para contratação temporária para o Censo Demográfico 2021. Em Pernambuco, serão oferecidas ao todo 8.887 vagas. Em um processo seletivo, as vagas são para Agente Censitário Municipal (ACM) e Agente Censitário Supervisor (ACS), com exigência de ensino médio completo. No outro, é necessário ter o ensino fundamental completo para a exercer a função de recenseador. A remuneração para ACM é de R$ 2.100, já para ACS, é de R$ 1.700. O trabalho de campo do Censo 2021 terá início em agosto.

As inscrições estarão abertas a partir desta sexta-feira (19) e vão até o dia 15 de março para os candidatos ao posto de ACM ou ACS, através do https://www.cebraspe.org.br. No momento da inscrição, uma taxa de 39,49 deve ser paga. Para o cargo de nível fundamental, as inscrições podem ser feitas de 23 de fevreiro a 19 de março, sendo necessária o pagamento de uma taxa de 27,77. Ao todo, serão 181.898 vagas para o cargo de Recenseador, 5.450 par ACM e 16.959 vagas para Agente Censitário Supervisor.

Em Pernambuco, serão oferecidas 241 vagas para Agente Censitário Municipal e 724 vagas para Agente Censitário Supervisor, com jornada de 40 horas semanais. Os candidatos aos dois cargos farão a mesma prova, e os melhores colocados em cada cidade vão ocupar a vaga de Agente Censitário Municipal, que tem como função coordenar as atividades do censo nas cidades onde foram aprovados. Já os ACS vão supervisionar as equipes de recenseadores. As remunerações são de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS. Além do salário, os aprovados terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital.

Os recenseadores irão visitar todos as residências do país, entrevistando seus moradores. No estado, haverá 7.922 vagas para o cargo. Eles serão remunerados por produtividade, de acordo com o número de domicílios visitados e também terão direito a 13º e férias proporcionais.

De acordo com o IBGE, as provas para ACM e ACS serão realizadas no dia 18 de abril, enquanto as provas para recenseador no dia 25 do mesmo mês. O resultado dos aprovados será divulgado no dia 27 de maio.

Funções e jornada de trabalho

Para a função de recenseador, a previsão de duração do contrato é de até 3 meses, podendo ser prorrogado mediante necessidades de conclusão das atividades do Censo e de disponibilidade orçamentária. A jornada de trabalho é de, no mínimo, 25 horas semanais. A recomendação do IBGE é que os selecionados para o cargo sejam moradores das localidades onde as vagas estão sendo ofertadas, para a economia de custos e “maior produtividade nas visitas domiciliares”. Para as funções de agente censitário, é exigido jornada de trabalho de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.

Os melhores colocados em cada município ocuparão a vaga de agente censitário municipal, que será o responsável pela coordenação da coleta na cidade. Os demais agentes censitários supervisionam as equipes de recenseadores. A previsão de duração do contrato é de até 5 meses, podendo também ser prorrogado.

Assuntos das provas para ACM, ACS e Recenseador

Os candidatos a ACM e ACS farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 questões de Ética no Serviço Público, 15 questões de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 questões de Conhecimentos Técnicos. O conteúdo está disponível no edital.Já os candidatos a recenseador farão prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos. O conteúdo também está no edital.

As provas para ACM, ACS e recenseador terão duração de quatro horas e serão aplicadas no turno da tarde. Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia seguinte à aplicação das provas, a partir das 19 horas. O resultado final está previsto para 27 de maio.

Protocolos sanitários contra a Covid-19
Protocolos sanitários contra a Covid-19 serão divulgados detalhadamente em edital específico sobre os locais de prova, exigindo o uso obrigatório de máscaras, o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova, medidas para evitar aglomerações e respeito às legislações locais. O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo e terá sua prova anulada.
Treinamento para recenseador é eliminatório
Além da prova, os recenseadores receberão treinamento presencial e à distância, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias. Segundo o Instituto, os candidatos que cumprirem, no mínimo, 80% de frequência no treinamento terão uma ajuda de custo. As contratações acontecem em seguida.
Diario de Pernambuco

Comments

comments