Polo de Confecções do Agreste altera atendimento durante quarentena

PUBLICIDADE
Com as novas medidas de quarentena mais rígida anunciadas pelo Governo de Pernambuco, as feiras do Polo de Confecção do Agreste do estado alteram o funcionamento e atendimento enquanto o decreto terá validade, entre os dias 18 e 28 de março. Neste período, apenas os serviços essenciais estão liberados para funcionar. Já o comércio não essencial pode atender com delivery e ponto de coleta.

O Moda Center Santa Cruz vai funcionar apenas para ponto de coleta de mercadorias por transportadoras, de segunda a sexta, das 7h às 17h. Aos sábados e domingos, o centro atacadista de confecções estará totalmente fechado. Também foram definidas regras para serem cumpridas por comerciantes e transportadoras durante o período, entre 18 e 28 de março.

O acesso à área de lojas e boxes/lojas será controlado e só será permitido para condôminos e funcionários mediante identificação e acompanhamento da vigilância para retirada de mercadorias das 7h às 17h. Os ônibus deverão fazer o recebimento de mercadorias no estacionamento lateral do Moda Center. O estacionamento frontal ficará reservado para vans.

Ainda no Moda Center está proibido todo e qualquer tipo de negociação ou comercialização nos estacionamentos e nos hotéis. O procedimento de compra e venda deve acontecer previamente entre fornecedor e cliente, seja por telefone, WhatsApp ou mídias sociais. A mercadoria deverá estar em fardos já amarrados e embalados para serem entregues à transportadora e a entrega deve acontecer o mais rápido possível para que se tenha uma boa fluidez no processo.

De uma forma mais geral, as cidades que integram o Polo de Confecções do Agreste, como Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, informaram que funcionarão apenas no formato de delivery na próxima segunda-feira (dia 22). Cada município vai adotar o seu sistema de entrega de mercadorias, seguindo os protocolos sanitários.

Diario de Pernambuco