Jean Carlos admite sondagens, mas ressalta foco na luta pelo acesso do Náutico

PUBLICIDADE

Não é de hoje que o nome do meia Jean Carlos circula na boca dos torcedores do Náutico. Mas, em 2021, o camisa 10 também tem despertado a atenção de clubes e torcidas rivais. Quase sempre em tom de admiração, pelo fato de o meia ser um dos principais jogadores da Série B do Campeonato Brasileiro 2021, com sete gols e quatro assistências. Desempenho que tem atraído sondagens de outras equipes. Quem confirma é o próprio atleta, mas antes tratando de indicar que o foco está no Timbu.

“Agradeço demais o carinho, não somente da torcida do Náutico como a das rivais. Quando você faz um bom trabalho, aparecem propostas, sondagens. Não vou mentir. O que mais rola na rede é o torcedor chamando para jogar no time deles. Mas sempre deixei claro que precisa ser bom para mim e para o Náutico. Estou feliz aqui, focado no objetivo de buscar o acesso e o título”, afirmou o camisa 10.

Jean participou de todas as 13 rodadas da Série B. Com exceção do 0x0 diante do Londrina e o 1×1 perante o CRB, o meia foi decisivo, com gols ou assistências, nos demais 11 jogos do Náutico. O camisa 10 é o artilheiro do time na competição, com sete tentos. Os mais recentes foram os dois na vitória por 2×1 diante do Brasil de Pelotas, nos Aflitos. Ele também já tinha marcado contra CSA, Vitória, Botafogo, Operário e Goiás. Ante o Fogão, o meia também participou, via escanteio, do lance que terminou com o gol contra de Rafael Navarro.

O camisa 10 ainda é um garçom eficaz, dando quatro assistências na Série B, em gols de Vinícius (contra Guarani e Vasco), Bryan (Vila Nova) e Camutanga (Ponte Preta). No quesito, ele só fica abaixo de Régis, do Guarani, autor de cinco passes a gol. Por falar no meia do Bugre, ele está empatado com Jean na vice-artilharia da competição. A dupla só fica atrás de Edu, do Brusque, autor de nove gols.

Outras estatísticas provam o bom momento de Jean na temporada. O meia é o líder em finalizações (53), em assistências para finalização (40) e de participações em finalizações (93), segundo os dados do Footstats. O camisa 10 foi eleito craque da competição no mês de junho e, pelos bons números, chega bem para concorrer ao mesmo prêmio em julho.

“O começo de temporada foi bom, conquistando o Estadual. Pessoalmente, tem sido gratificante e sem dúvidas é o melhor momento da minha carreira”, comemorou o meia.

Folhape