Parabéns, pelos seus 28 anos, Clube Atlético do Porto!

PUBLICIDADE

Por Pedro Augusto

O Clube Atlético do Porto completa 28 anos de fundação, nesta sexta-feira (30), com várias contribuições ao futebol caruaruense e brasileiro. Do Ninho do Gavião, Centro de Treinamento do tricolor da Rua Preta, surgiram vários talentos que os amantes do esporte mais praticado do planeta tiveram oportunidade de aplaudir de pé nas arquibancadas dos estádios espalhados em todo o mundo.

Foram revelados pelo Porto e posteriormente obtiveram destaque vestindo camisas de outros clubes de maiores expressões, atletas do porte de Josué (volante), Araújo (atacante), Nildo (meia), Marcos (zagueiro), Tarciano (meia), Rômulo (volante), Marquinhos (lateral esquerdo), Eli Carlos (volante), Rogério (atacante) e Santos (goleiro).

Este último, inclusive, encontra-se vestindo a Camisa 1 da Seleção Brasileira nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Fora das quatro linhas, o Porto segue sendo comandado pelo empresário Porfírio, que tem o filho Paulinho, como o seu ‘braço direito’ na gestão do tricolor.

Vice-campeão pernambucano por duas vezes e com várias participações em competições regionais e nacionais, o Porto, atualmente encontra-se sem disputar a Série A2 do Campeonato Pernambucano causando bastante saudades para a sua pequena, mas apaixonada torcida.

Geraldo é apaixonado pelo Gavião do Agreste

Torcedor símbolo do Gavião, Geraldo da Zabumba, tem o tricolor da Rua Preta como uma das suas maiores paixões na vida. “Foi Deus que me levou até o caminho do Porto. Ao longo da sua história, o Gavião vem dando muito orgulho pelo seu trabalho tanto dentro como fora do campo. Não vivemos um sem o outro!”, comentou Geraldo, emocionado.