Civil detém suspeito de encomendar morte de filho de vereador de Caruaru

Halan foi assassinado com disparos de arma de fogo/ Foto: Arquivo Pessoal
PUBLICIDADE

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu, nesta semana, o suspeito de ter encomendado a morte do filho do vereador de Caruaru, Val Lima, o Val de Cachoeira Seca, Halan Garcia Bezerra, de 28 anos. Trata-se de José Fernando da Silva Junior, o “Fernandinho”, de 36 anos. Ele foi preso na última segunda-feira (30), no Aeroporto Internacional do Recife, quando retornava de Foz de Iguaçu, no Paraná.

Fernandinho já havia sido preso no último dia 1º de dezembro, no Bairro Universitário, em Caruaru, quando, na ocasião, havia contra ele mandado de prisão preventiva a ser cumprido, pelos crimes de descaminho e receptação, expedido pela Justiça, de São Paulo.  Ele deveria estar cumprindo prisão em regime semiaberto, no Centro de Ressocialização do Agreste, em Canhotinho, no Agreste, porém fugiu em uma das saídas da unidade prisional.

Em entrevista ao repórter Adielson Galvão, o responsável pelas investigações, delegado Bruno Machado, titular da 19ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, comentou a respeito da motivação do crime. “Durante as investigações, identificamos que o mandante havia sido cobrado em relação a dinheiro pela vítima. Com o ego ferido, ele acabou encomendando a morte do Halan”.

Também de acordo com a Polícia Civil, Fernandinho teria contratado três executores para cometer o homicídio. “Dois deles foram presos no último mês de março e o terceiro, mesmo com as provas colhidas durante o inquérito policial, não conseguimos chegar à sua qualificação. Permanecemos com as diligências e quem tiver informações sobre essa quarta pessoa envolvida no homicídio pode entrar em contato conosco se dirigindo até a 19ª ou através do Disque-Denúncia Agreste”, acrescentou o delegado.

Fernandinho foi encaminhado para unidade prisional de Pernambuco.

Relembre o caso

Halan Garcia Bezerra, de 28 anos, foi assassinado a tiros, na noite do dia 27 de novembro de 2019, em uma churrascaria, que fica localizada às margens da BR-104, em Caruaru. Na ocasião, ele encontrava-se na companhia de amigos, quando foi surpreendido com a chegada de criminosos, que efetuaram vários disparos de arma de fogo na sua direção.