Caminhoneiros bloquearam trechos de rodovias federais em Pernambuco; protesto acabou antes das 8h

PUBLICIDADE

Caminhoneiros aliados ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltaram a bloquear trechos de rodovias federais em Pernambuco, no final da noite de quarta-feira (8). Os atos prosseguiram no início da manhã desta quinta-feira (9) em Paudalho, na Zona da Mata Norte, e em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. Os protestos foram finalizados por volta das 8h.

Na pauta dos manifestantes, questões alinhadas a pautas antidemocráticas defendidas por Bolsonaro, como voto impresso e o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), bem como a alta dos preços dos combustíveis.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados, nesta quinta-feira, pontos fechados pela categoria no km 83 da BR-408, em Paudalho, na Mata Norte; e no km 43,5 da BR-101, em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife.

Nos dois locais, segundo a PRF, manifestantes liberararam uma faixa em cada sentido da rodovia para circulação de veículos, como carros de passeio, ambulâncias e ônibus.

Em Paudalho, o grupo começou a mobilização ainda na noite de quarta-feira (8). Cerca de 50 manifestantes atearam fogo em pneus e fecharam a rodovia no sentido Recife/Carpina. O ato foi encerrado por volta das 7h30 desta quinta-feira, quando a pista foi totalmente liberada.

Em Igarassu, o ato teve início por volta das 23h e foi encerrado às 7h50. Mais cedo, o local também havia sido bloqueado, tendo sido liberado às 19h15.

A PRF informou que não houve registro de incidentes nos pontos de manifestação em Pernambuco.

Folhape