Colégio Diocesano divulga nota de pesar sobre morte de professora Aleir Galvão

PUBLICIDADE

É com profundo pesar que o Colégio Diocesano de Caruaru informa o falecimento, ocorrido nesta quinta-feira (9), da nossa diretora pedagógica Maria Aleir Ribeiro Galvão, aos 71 anos.

Ela estava internada há 12 dias na UTI do Hospital da Unimed e teve falência múltipla dos órgãos em decorrência da esquistossomose, doença com a qual convivia há anos.

A professora Aleir deixa um legado indiscutível na educação da região com o seu toque humano no ensino, pautado pela competência, dinamismo e considerando os estudantes sujeitos de sua própria história.

Em sua trajetória profissional, foi professora da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (Fafica), docente no Colégio Sagrado Coração e, na cidade de Agrestina, desempenhou as funções de Secretária de Educação na primeira gestão do prefeito Josué Mendes, além de diretora do Colégio Constantino.

Aleir estava no Colégio Diocesano de Caruaru desde 1993, onde atuou na direção pedagógica e formalizou a proposta inovadora do Colégio, dando sua importante contribuição para que o Diocesano chegasse ao que é hoje: uma escola de alto desempenho.

Como ser humano, Aleir será sempre lembrada por seu sorriso sincero, abraço caloroso e seu coração generoso.

Aleir era viúva, deixa três filhos, uma neta e uma legião de ex-alunos e colegas de trabalho que se tornaram amigos e admiradores da sua trajetória. Nossos sinceros sentimentos a todos da família.

O velório (aberto ao público) ocorrerá no Colégio Diocesano de Caruaru e o sepultamento será às 16h, no Cemitério Dom Bosco.

*O acesso ao velório se dará pela portaria da Av. Oswaldo Cruz (Quadra).