Jogador de futsal é morto a tiros na frente de ginásio em PE

PUBLICIDADE

Um jogador de futsal foi assassinado a tiros, na noite de quinta-feira (23), em Carpina, na Mata Norte de Pernambuco. Renan Pereira da Silva, de 21 anos, foi alvejado por homens ainda não identificados após sair do Ginásio Municipal Josimar Honório de Menezes, localizado no Loteamento Santa Cruz.

De acordo com informações iniciais da Polícia Civil, testemunhas indicaram que dois desconhecidos chegaram a pé, atiraram em Renan e fugiram logo em seguida.

O crime ocorreu durante a disputa do Campeonato dos Bairros de Carpina.  Renan inclusive havia jogado uma partida antes, na qual marcou um gol e foi eleito melhor em quadra pela equipe Carneiro Leão.

O torneio era transmitido ao vivo nas redes sociais. Durante a partida entre Três Marias 2 e Aparecida, é possível ouvir ao menos 12 disparos de arma de fogo. Assustados, os atletas em quadra e pessoas nas arquibancadas correm para sair do ginásio.

De acordo com o site Giro Mata Norte, a diretoria suspendeu o torneio por uma semana após a morte de Renan.

O caso foi registrado na Delegacia de Goiana, também na Mata Norte, como homicídio doloso consumado. Os suspeitos do crime ainda não foram presos, segundo a polícia.

“As investigações foram iniciadas e seguem até elucidação do crime”, informou a Polícia Civil, que deverá esclarecer motivação e autoria do crime. O corpo de Renan foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Recife.

Folhape