Corpo em carro capotado é de motorista de app que estava desaparecido, diz polícia

PUBLICIDADE

corpo encontrado em estado de decomposição no carro de mesmo modelo e com as mesmas placas de Wendell Higor Santos de Almeida, 27 anos, é, de fato, do motorista de aplicativo, confirmou a Polícia Civil de Pernambuco nesta quinta-feira (28).

De acordo com a corporação, o reconhecimento foi feito pelo pai do estudante de Educação Física, na noite dessa quarta-feira (27). Wendell Higor estava desaparecido desde 19 de outubro.

O carro com as mesmas características do carro do jovem foi encontrado capotado na tarde de quarta, no quilômetro 63 do sentido Recife da BR-232, nas proximidades da entrada de Pombos, Zona da Mata de Pernambuco.

O Instituto de Criminalística (IC) foi acionado e o corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para perícia tanatoscópica.

O caso foi registrado como “morte a esclarecer” pela Polícia Civil e as investigações estão a cargo da Delegacia de Pombos.

“Todos os fatos serão apurados até a completa elucidação do ocorrido”, informou a polícia.

Folhape